macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Orfeu
           Andei tantos andares
           Claras noites
           Negros dias
           Sufocando uma elegia
           Que esquecí
           Em algum lugar

           Vou
           Como alguem que não sou eu
           Delirando por perfumes
           De uma flor que ja morreu

           Caio
           É que a vida se retira
           Vou quebrar a minha lira
           Que há muito entristeceu

           Depois me diluir
           Virar um sonho
           E em sonhos ir
           Só pra viver
           Só pra estar
           Correndo atrás de tí .


           ***************


           ZECA BONITO


           A lua ficou vermelha
           Um punhal brilhou na esquina
           É hora de ir embora
           Alguem cumpriu sua sina

           A lua ficou redonda
           Na ferida daquele peito
           Foi morte feita de samba
           Ou morte só por despeito

           Ele era Zeca Bonito
           Poeta e cantador
           Não existiram mulheres
           Que lhe negasse o amor

           Subia às sextas feiras
           No morro pra se alegrar
           Cantar um samba rasgado
           E ouvir o seu Orixá

           Mas nessa noite vadia
           O samba se descuidou
           Deixou no ar só um grito
           Um grito que não calou

           Depois a lua vermelha
           No céu criou solidão
           Guardando mais uma historia
           E esse samba canção .-


           *****************


           SEM AVISO PRÉVIO


           Foi maldade demais
           Acabar tudo assim
           Sem o aviso prévio
           Ou mesmo um bilhete
           Se despedindo de mim

           E voce nem me deu
           Uma única chance
           Pra eu me recompor
           E lesou meus direitos
           Burlou tantas leis
           Me tirou tanto amor

           Em qualquer ministério
           Voce perderia a questão
           Mas quem pode julgar
           Mesmo sentenciar
           Os motivos de um coração

           Se eu fosse voce eu voltava
           Pra falar dessa situação
           Pois talvez seja eu quem precise
           Me julgar e lhe pedir perdão

           Se eu fosse voce eu voltava
           Pra calar no meu peito essa dor
           Voce sabe que não vai ser facil
           Reviver noutro alguem tanto amor .-


           ***************


Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 23/05/2007
Alterado em 26/07/2007


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras