macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Felicidade

A casa está pronta
Um pomar e um jardim
A galinhola comeu, feliz
O ultimo gafanhoto

Então eu gritei ao universo
Da minha humilde gratidão
E a imensa felicidade
Que inundou meu coração

Que eu nunca me afaste
Do doce olhar da esperança
Dos raios do sol da manhã
Do canto das aguas e das flores

Permita que eu ame
Os que se deixarem amar
E que eu acaricie encantado
A ultima flor da primavera
Como se fosse ela, a primeira
Que eu veja a sabedoria
Na chegada e na partida

Que o Senhor sempre sinta alegria
De habitar entre nós .



Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 05/09/2012
Alterado em 18/11/2013


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras