macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Botão de rosa


Bom dia, botão de rosa
Amanhã te vejo em flor?
Pencas de avencas formosas
Querem beber tua cor

Até a noite, parece
Banhar-te com a orvalhada
Até a noite conspira
Para te ver encantada

Serás uma rosa vermelha
Se debatendo em paixões?
Ou serás rosa amarela
A despertar corações?

Então façamos um trato
Com a manhã generosa
Em qualquer cor te saúdo
Bem-vinda menina rosa!


Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 09/12/2011
Alterado em 10/12/2011


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras