macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Em Beijos



Te quero assim comovida
Com lágrimas nos olhos, atrevida
E seus seios fartos, deliquentes
Bailando em minhas mãos

Em beijos
Quando uma mulher se banha
Tem qualquer coisa
De morte e ressurreição
Há um soluço de eternidade

E porque a vida pulsa
E porque a carne exige
Entre as minhas coxas
E entre as tuas coxas

Nos debateremos
Nos devoraremos
Nos agrediremos
Nos perdoaremos
Nos completaremos
Até que a noite nos separe .


Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 19/11/2009


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras