macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Subsídio para Agricultura Orgânica

È quase impossível uma agricultura sem veneno nos dias atuais.
A introdução dos herbicidas no decorrer destes ultimos cinquenta anos, a depredação do ambiente saudavel, a acomodação das autoridades, o poder selvagem das multinacionais , e a ignorância popular, nos levaram a este caos sócio ambiental.

Estive outro dia em uma região serrana onde se produz café e hortifrutigranjeiros, e confesso que nunca imaginei ver tantas pessoas doentes.
Em um lugar que era sinônimo de saude e longevidade, eu encontrei pessoas deprimidas, outras deformadas por doenças crônicas, desiludidas, jovens trabalhadores com saúde minada. Fiquei horrorizado!
Tenho acompanhado este este fenômeno a duas décadas, e o quadro piora a cada dia.

Estamos presenciando uma agricultura de envenenados e envenenadores, assassinos e suicidas!

Apesar de toda essa desgraça contra todos, a sociedade não se organiza para frear o flagelo. Ninguem discute essa grande miséria que tomou conta de nossas vidas.
Nunca ví nenhum Orgão de Defesa do Consumidor, nem a OAB, nenhuma entidade de Direitos Humanos, Associação Médica, Politicos, Intelectuais, se manifestarem. Ninguem se interessa pelo que come. È como se o problema não existisse, não sei se por ignorância ou má fé.

É trágico quando uma nação inteira se acomoda, e crê sentir-se bem na desgraça!

Convido a quem interessar possa, constatar o que escrevo. È só procurar as regiões onde se produzem hortifrutigranjeiros. Não existe um local específico. Isso acontece em qualquer lugar do Brasil.

O nosso pequeno agricultor é pobre e vive na penúria. É discriminado, ignorado e está entregue à propria sorte. Só é lembrado ainda, porque tem voto.
Tudo aquilo que é de segunda classe está destinado a ele!
Os piores colégios, (Com professores que nada sabem), os piores hospitais, (são cobais de médicos em início de carreira), e a aposentadoria é humilhante: Dói!

Este agricultor não tem alternativa: Se plantar sem usar o herbicida, não tem lucro e terá que abandonar a terra. Se usar o pesticida, estará condenado ao envenenamento do sangue, sistema nervoso, câncer de pele, pulmão e doenças degenerativas.

É facil chegar a conclusão que produzir alimentos nesse país é atirar no próprio pé, e condenar-se a viver na escravidão voluntária, e a seus descendentes.

O êxodo rural nestes ultimos quarenta anos, inchou as grandes cidades, criou bolsões de miséria, inviabilizou administrações, fortaleceu e incentivou a criminalidade, e vai continuar fazendo estragos, se não houver uma política decente para o setor, é bom lembrar que qualquer nação perde o rumo se o homem do campo cruza os braços. Tem que ser dito também, que o Brasil não é auto-suficiente em alimentos, não somos grandes exportadores agrícolas. Vendemos alguns excedentes para o exterior, porque o povo é miseravel e passa fome - Se tivesse poder aquisitivo, nós teríamos que importar frango, soja, café e até rapadura.
Lembram do "Plano Cruzado"?.

E a nossa vergonhosa industria pesqueira, capaz de corar os nossos índios à época do descobrimento?
Essa industria nos coloca nús diante de um mundo perplexo pela incompetência até mesmo para o extrativismo, que sempre foi a nossa razão de ser.
(A china produz 48 milhões de toneladas de peixe, o Peru 8 milhões, o Chile 5 milhões e o Brasil apenas 1 milhão).

A Europa unida aplica 37% do PIB para ajudar a agricultura, os EUA l7%, o Brasil 0,5% do PIB.
Isso é jogar às feras o nosso trabalhador rural. Sacrificá-lo e sugá-lo até as ultimas consequências.
E governo que libera impostos para automoveis e eletro domésticos, e cobra sobre tratores, enxadas e insumos agrícolas, não tem compromisso com a fome, menos ainda com a nação!

  - SUBSÍDIO PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA -

Existe um discurso calejado, irresponsável. de querer impor aos Europeus e Americanos do Norte, acabarem com o subsídio para suas agriculturas. Entra e sai governo e a paródia continua!
(Conseguiram até transformar Subsídio Agrícola em algo pecaminoso)

È trágico pensar assim: A agricultura destes paises só sobrevive se subsidiada. Se assim não for, o homem do campo de lá cruza os braços e o mundo vai para uma crise alimentar sem precedentes.
Não é preciso que paises do terceiro mundo que gastam mal o dinheiro do contribuinte, e sempre andaram na contramão da história, lhes ensine como administrar suas dificuldades.
Eles sabem que agricultura não dá lucro, e que sem subsídio eles são vitimados pela fome.

Existe um conflito de interesses: Os Europeus e os EUA, usam o "Protecionismo" para protegerem suas agriculturas. Os países do terceiro mundo querem o "Pretencionismo". Pretendem que eles deixem de produzir alimentos , ou o façam caríssimos, para exportarmos o alimento que não temos.
Nenhum país sério vai querer se tornar dependente em alimentos se puder produzir o seu.
Comida é estratégico, e por ser estratégico, nenhum deles se arriscaria à dependência. E ficar refém de casualidades, guerras, desacêrtos.
O sonho de toda nação é ser auto-suficiente em alimentos a qualquer preço.
"Eles nunca vão deixar de subsidiar suas agriculturas. Tirem o cavalo da chuva!".

" Porque o Governo Brasileiro não dá Subsidios para a agricultura?"

Porque não dá subsídios sequer para aqueles que querem plantar alimentos orgânicos?
Fala-se em agricultura orgânica: Ela não existe, ou quase, nos dias atuais.
Alguns idealistas, ou pessoas esclarecidas que não querem se envenenar, ou evitar contaminar populações indefesas. È, pode-se dizer assim, um compromisso espiritual desses agricultores.

"Existem suspeitas sérias, que o não subsídio à nossa agricultura, seja uma medida criada por grupos econômicos internacionais, para nos manterem dependentes, ou não agredirmos o mercado externo com farta produção de alimentos.
"Eles induzem os nossos governantes ao erro centenário, naquilo que nós podemos superá-los"

Por isso a agricultura Brasileira é essa bandalheira. Produzimos no Sopapo, no grito, na alavanca!
Sem estradas, sem armazenamento, sem planejamento, como tudo o que é feito neste país.

Para se começar uma agricultura orgânica, é preciso refazer uma estrutura que se perdeu. E recriar uma nova mentalidade, que de início custa caro.
Mas o retôrno será grande: Menos hospitais, menos doenças, menos exôdo rural, mais pessoas saudaveis no campo e nas cidades, maior harmonia com a natureza, melhor distribuição de renda, e ainda o grande investimento naquilo que ainda é nosso: A terra e o povo Brasileiro!

Porque a agricultura que se pratica hoje no Brasil, deveria ser vista como um crime que se comete contra a natureza e a especie humana!

O mercado de produtos orgânicos é um dos que mais crescem no mundo - 25% ao ano.
Com 20 bilhões de dólares nos EUA, l8 bilhões na Europa e somente
0,5 bilhão de dolares no Brasil.

E que ninguem acredite que alimento orgânico seja privilégio de Intelectuais abastados ou espiritos iluminados!
A alimentação saudavel deve ser uma conduta de vida!
Sobrevivência da espécie humana!


"O alimento é vital - É soberano - É inquetionável!"
Maxima que deveria nortear toda sabedoria humana!




   Jose Balbino de Oliveira é Mineiro
Ambientalista - Gemólogo - Antiquário
       - Poeta e camponês -
  Dono de uma RPPN no Espirito Santo
  Assina o Site -  www.macacosecolibris.com








Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 12/07/2009
Alterado em 16/07/2009


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras