macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Saudade


A saudade é uma porção de vida
Que se escondeu nos buracos da alma!
É ela que vem nos avivar quando a realidade vacila
Nos limites da alegria ou nas indelicadezas da dor.
Desperta com os pingos da chuva, ou a ingenuidade da flor;
De um perfume assoprado do corpo de alguem,
Que chega em paz, no vento da memória.

Saudade é lua cheia em noites de abraços
É uma canção que nos vem arrebatar
É roupa nova em pele macia
É o cabelo esvoaçante e brincalhão
Festejando um olhar de quinze anos.

Saudade é sentir as mãos trêmulas do primeiro encontro,
As pernas bambas - a vontade de sair correndo.
É procurar o gosto do primeiro beijo.

Saudade é embargar o peito
Estrangular a garganta
Não controlar a lágrima
Por alguem que ainda está aqui.

Saudade é bandinha no coreto
Busca-pé e quentão
Leilão de broa de milho
Em noite de São João.

Saudade é um abraço de mãe
Um sorriso de pai
Nos olhos da lamparina.

Saudade é uma imensidão de passado
Que insiste em não ir embora!




Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 26/12/2008
Alterado em 28/12/2008


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras