macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

" Meditando Sobre um Vaso de Flores "


     Era um buquê de Analuzes
     Delicadas e fugidias
     Adornando um vaso oriental
     Rutilante de melancolias

     Talvez que em tempos idos
     Ornamentasse a mesa de um Mercador
     E em misticismo raro fosse acomodado
     Na beleza, que é a tradução da flor

     Quando, e não sei como foi
     Por um descuido de memória aconteceu,
     A minha vida contornando a vida
     Foi ao encontro daquilo que ja fora meu

     Ví os lírios Florentinos,
     Os ricos bordados de ouro fino
     Um vôo de musica, a alma do vinho
     E uma Cigana ao som de um violino!

     Alí, pairava a memória das épocas,
     O apogeu de outra juventude
     A vida brincando alegremente
     Como uma rosa bordando a eternidade!

     Era o despertamento das ancestralidades,
     Dos Venezianos bacanais!
     Arlequins, Palácios, Carnavais,
     A Barcarola deslizando nos canais .



    
  
Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 10/12/2007
Alterado em 10/12/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras