macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Vazio



Leio um verso e ele voa
Como se fosse raptado
Por uma bolha de sabão

Leio a rosa e ela se esvai
Abraçada em um floco de neve

Leio a felicidade no compasso da valsa
E ela se esconde na multidão

Leio seus olhos e eles fogem
No labirinto das esquinas

Leio-me
E estou vazio




Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 05/04/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras