macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Ordem do Dia


Estão abertos os trabalhos!
A Ordem do Dia é não roubar, não pecar contra o capital. O capital é o sangue da humanidade!
O roubo, aqui, tornou-se um sacerdócio, um culto ecumênico, uma irmandade de saqueadores. É espiritual!
Rouba-se até com os livros sagrados nas mãos. Usam a boca como arma, a mentira, os falsos milagres, a ingenuidade dos simples de espirito, nesta latrina miserável que se transformou o Brasil.

Portanto, precisamos acabar com a "Instituição dos vomitórios" com o dinheiro público.

É urgente desestruturar a "irmandade do mal", para que a Republica respire em paz.

O que este povo que aí está, nas avenidas, nos campos, se permitiu, e nos permitiu fazer de suas vidas? E se este povo acordar da inercia, suas atitudes bovinas, o que diremos a ele, no meio do furacão?

A cabeça da nação esta cheia de larvas, que corroem o cérebro, apodrecendo o tecido nervoso.

O lodo esta nas ruas, nas casas, o desespero dorme abraçado ao povo, É  urgente, TEMER!
Para os desesperançados, qualquer caminho é o melhor caminho!

Precisamos promover uma lavagem no ventre da nação, arrancar os parasitas intestinais que corroem as vísceras, e exaure o corpo da federação!

O país tem prisão de ventre, não há obras à vista, e a paralisia é geral. Que se obre, portanto, mas antes, expulsemos os vermes que o arruína, " enquanto ainda se tem alguma tolerância e suavidade!"

Do alto desta tribuna, com os nossos egos inflamados, façamos uma reflexão sobre o passado, para conhecermos melhor o presente, e alguma visão sobre o futuro:

"Os banhos de sangue dos Romanos, o grande incêndio promovido pelo populacho em fúria, e o esfacelamento do Império pelos Bárbaros.
Reflitamos senhores, sobre a crise que se instalou. Como pode, um povo cego, bárbaro, conduzir uma civilização, embora tendo espadas nas mãos? Aí está descrito, a idade das trevas!

Debrucemo-nos sobre as fogueiras da idade média, a batalha de Ciompi pela dignidade do trabalho;
Identifiquemos os massacres dos agiotas na Europa e na Rússia do Czares; A  revolução Francesa e suas cabeças guilhotinadas; A grande revolução Russa que tingiu de vermelho a Europa; O ópio, que se apoderou da China e transformou os Chineses em cachorros dos Britânicos.

Evitemos os costumes medievais por enquanto, mas observemos os dias de hoje, tão iguais!

Os anais nos observam. Os anais são implacáveis!
Eles anotarão a nossa passagem por esta casa. Seremos julgados hoje, e amanha pela historia. Não transformemos a nossa Biografia em extensa ficha criminal.

Não permitamos que este templo sagrado, que norteia o destino do nosso povo, se transforme em um velho prostíbulo de beira de estrada!

Finalizando, desta tribuna, o meu apelo:
O que se espera é, JUIZO, SENHORES!

Brasileiro toma muito no cú. É urgente acabar com este rito pagão.

LEMBREMOS OS IDOS DE MARÇO!!!



Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 03/02/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras