macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Devassa



Uma pitada de arte
Na argila dos teus seios
Se estão em minhas mãos
Devassas

Devassando as intimidades
Com o pincel dos dedos
A nervura das mãos
No teu colo quente
Urgente em me ter

Quando atrais meus olhos
O corpo inteiro é nave
Pronta para navegar
Misterioso mar sem fim

Este ser que se move
Feito de marfim e pérolas
Habita as galerias
Enfeita com alegorias
Meu viver



Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 03/11/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras