macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Lésbia
Ò lua
Que vens fustigar as marés
Açoitar meu sonho de mulher
E deixar vazio o leito
Dos meus amores

Adeus mares, promontórios
Paisagens que desenharam
O corpo da minha amada
Entre latejos e relvas

Mesmo com o coração distante e frio
Amargo enfado, mais puro enleio
Hei de amamentar o amor
Até a ultima gota do meu seio .




Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 09/05/2013
Alterado em 29/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras