macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Felicidade

A casa está pronta
Um pomar e um jardim
A galinhola comeu, feliz
O ultimo gafanhoto

Então eu gritei ao universo
Da minha humilde gratidão
E a imensa felicidade
Que inundou meu coração

Que eu nunca me afaste
Do doce olhar da esperança
Dos raios do sol da manhã
Do canto das aguas e das flores

Permita que eu ame
Os que se deixarem amar
E que eu acaricie encantado
A ultima flor da primavera
Como se fosse ela, a primeira
Que eu veja a sabedoria
Na chegada e na partida

Que o Senhor sempre sinta alegria
De habitar entre nós .



Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 05/09/2012
Alterado em 18/11/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras