macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Devaneios



Amada minha
Deixa-me te conduzir a um lugar
Onde o trigo e as papoulas
Juntam céus e terra
E dançam embriagados
Um bailado amigo

Onde os cristais e as fadas
Raptam cores do arco íris
E fazem sol e chuva
Casarem as tempestades

Lugar que inventei
Prá delirar contigo
Abrir todas as portas
Para os jardins antigos
Onde borboletas e girassóis
Se abraçam como amigos

Deixa que eu te tome
Lânguida e vaporosa
Com a carícia do licor
E o sabor da rosa

Lá onde o vento ergue as suas trompas
E o capinzal solfeja uma canção de estiva


Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 09/01/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras