macacos e colibris

Crônicas  Textos  Entrevistas

Textos

Subsídio para Agricultura Orgânica

È quase impossível uma agricultura sem veneno nos dias atuais.
A introdução dos herbicidas no decorrer destes ultimos cinquenta anos, a depredação do ambiente saudavel, a acomodação das autoridades, o poder selvagem das multinacionais , e a ignorância popular, nos levaram a este caos sócio ambiental.

Estive outro dia em uma região serrana onde se produz café e hortifrutigranjeiros, e confesso que nunca imaginei ver tantas pessoas doentes.
Em um lugar que era sinônimo de saude e longevidade, eu encontrei pessoas deprimidas, outras deformadas por doenças crônicas, desiludidas, jovens trabalhadores com saúde minada. Fiquei horrorizado!
Tenho acompanhado este este fenômeno a duas décadas, e o quadro piora a cada dia.

Estamos presenciando uma agricultura de envenenados e envenenadores, assassinos e suicidas!

Apesar de toda essa desgraça contra todos, a sociedade não se organiza para frear o flagelo. Ninguem discute essa grande miséria que tomou conta de nossas vidas.
Nunca ví nenhum Orgão de Defesa do Consumidor, nem a OAB, nenhuma entidade de Direitos Humanos, Associação Médica, Politicos, Intelectuais, se manifestarem. Ninguem se interessa pelo que come. È como se o problema não existisse, não sei se por ignorância ou má fé.

É trágico quando uma nação inteira se acomoda, e crê sentir-se bem na desgraça!

Convido a quem interessar possa, constatar o que escrevo. È só procurar as regiões onde se produzem hortifrutigranjeiros. Não existe um local específico. Isso acontece em qualquer lugar do Brasil.

O nosso pequeno agricultor é pobre e vive na penúria. É discriminado, ignorado e está entregue à propria sorte. Só é lembrado ainda, porque tem voto.
Tudo aquilo que é de segunda classe está destinado a ele!
Os piores colégios, (Com professores que nada sabem), os piores hospitais, (são cobais de médicos em início de carreira), e a aposentadoria é humilhante: Dói!

Este agricultor não tem alternativa: Se plantar sem usar o herbicida, não tem lucro e terá que abandonar a terra. Se usar o pesticida, estará condenado ao envenenamento do sangue, sistema nervoso, câncer de pele, pulmão e doenças degenerativas.

É facil chegar a conclusão que produzir alimentos nesse país é atirar no próprio pé, e condenar-se a viver na escravidão voluntária, e a seus descendentes.

O êxodo rural nestes ultimos quarenta anos, inchou as grandes cidades, criou bolsões de miséria, inviabilizou administrações, fortaleceu e incentivou a criminalidade, e vai continuar fazendo estragos, se não houver uma política decente para o setor, é bom lembrar que qualquer nação perde o rumo se o homem do campo cruza os braços. Tem que ser dito também, que o Brasil não é auto-suficiente em alimentos, não somos grandes exportadores agrícolas. Vendemos alguns excedentes para o exterior, porque o povo é miseravel e passa fome - Se tivesse poder aquisitivo, nós teríamos que importar frango, soja, café e até rapadura.
Lembram do "Plano Cruzado"?.

E a nossa vergonhosa industria pesqueira, capaz de corar os nossos índios à época do descobrimento?
Essa industria nos coloca nús diante de um mundo perplexo pela incompetência até mesmo para o extrativismo, que sempre foi a nossa razão de ser.
(A china produz 48 milhões de toneladas de peixe, o Peru 8 milhões, o Chile 5 milhões e o Brasil apenas 1 milhão).

A Europa unida aplica 37% do PIB para ajudar a agricultura, os EUA l7%, o Brasil 0,5% do PIB.
Isso é jogar às feras o nosso trabalhador rural. Sacrificá-lo e sugá-lo até as ultimas consequências.
E governo que libera impostos para automoveis e eletro domésticos, e cobra sobre tratores, enxadas e insumos agrícolas, não tem compromisso com a fome, menos ainda com a nação!

  - SUBSÍDIO PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA -

Existe um discurso calejado, irresponsável. de querer impor aos Europeus e Americanos do Norte, acabarem com o subsídio para suas agriculturas. Entra e sai governo e a paródia continua!
(Conseguiram até transformar Subsídio Agrícola em algo pecaminoso)

È trágico pensar assim: A agricultura destes paises só sobrevive se subsidiada. Se assim não for, o homem do campo de lá cruza os braços e o mundo vai para uma crise alimentar sem precedentes.
Não é preciso que paises do terceiro mundo que gastam mal o dinheiro do contribuinte, e sempre andaram na contramão da história, lhes ensine como administrar suas dificuldades.
Eles sabem que agricultura não dá lucro, e que sem subsídio eles são vitimados pela fome.

Existe um conflito de interesses: Os Europeus e os EUA, usam o "Protecionismo" para protegerem suas agriculturas. Os países do terceiro mundo querem o "Pretencionismo". Pretendem que eles deixem de produzir alimentos , ou o façam caríssimos, para exportarmos o alimento que não temos.
Nenhum país sério vai querer se tornar dependente em alimentos se puder produzir o seu.
Comida é estratégico, e por ser estratégico, nenhum deles se arriscaria à dependência. E ficar refém de casualidades, guerras, desacêrtos.
O sonho de toda nação é ser auto-suficiente em alimentos a qualquer preço.
"Eles nunca vão deixar de subsidiar suas agriculturas. Tirem o cavalo da chuva!".

" Porque o Governo Brasileiro não dá Subsidios para a agricultura?"

Porque não dá subsídios sequer para aqueles que querem plantar alimentos orgânicos?
Fala-se em agricultura orgânica: Ela não existe, ou quase, nos dias atuais.
Alguns idealistas, ou pessoas esclarecidas que não querem se envenenar, ou evitar contaminar populações indefesas. È, pode-se dizer assim, um compromisso espiritual desses agricultores.

"Existem suspeitas sérias, que o não subsídio à nossa agricultura, seja uma medida criada por grupos econômicos internacionais, para nos manterem dependentes, ou não agredirmos o mercado externo com farta produção de alimentos.
"Eles induzem os nossos governantes ao erro centenário, naquilo que nós podemos superá-los"

Por isso a agricultura Brasileira é essa bandalheira. Produzimos no Sopapo, no grito, na alavanca!
Sem estradas, sem armazenamento, sem planejamento, como tudo o que é feito neste país.

Para se começar uma agricultura orgânica, é preciso refazer uma estrutura que se perdeu. E recriar uma nova mentalidade, que de início custa caro.
Mas o retôrno será grande: Menos hospitais, menos doenças, menos exôdo rural, mais pessoas saudaveis no campo e nas cidades, maior harmonia com a natureza, melhor distribuição de renda, e ainda o grande investimento naquilo que ainda é nosso: A terra e o povo Brasileiro!

Porque a agricultura que se pratica hoje no Brasil, deveria ser vista como um crime que se comete contra a natureza e a especie humana!

O mercado de produtos orgânicos é um dos que mais crescem no mundo - 25% ao ano.
Com 20 bilhões de dólares nos EUA, l8 bilhões na Europa e somente
0,5 bilhão de dolares no Brasil.

E que ninguem acredite que alimento orgânico seja privilégio de Intelectuais abastados ou espiritos iluminados!
A alimentação saudavel deve ser uma conduta de vida!
Sobrevivência da espécie humana!


"O alimento é vital - É soberano - É inquetionável!"
Maxima que deveria nortear toda sabedoria humana!




   Jose Balbino de Oliveira é Mineiro
Ambientalista - Gemólogo - Antiquário
       - Poeta e camponês -
  Dono de uma RPPN no Espirito Santo
  Assina o Site -  www.macacosecolibris.com








Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 12/07/2009
Alterado em 16/07/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras